Notícias

Adivinha-se um novo adiamento da primeira mão da final do Campeonato Nacional de Futebol


13 Jul 2017 Desporto

Está-se a apenas dois dias da primeira mão da final do Campeonato Nacional de Futebol, mas ainda não se conhece qualquer decisão do Conselho de Disciplina da Federação Cabo-verdiana de Futebol sobre o caso da primeira mão das meias-finais entre Ultramarina e Mindelense.

Hoje, completa exactamente uma semana que a Ultramarina entregou na Federação a sua defesa, depois ao clube ter sido instaurado um processo disciplinar. A Ultramarina, de acordo com o despacho do instrutor do Processo, incorre numa pena de derrota, 15 mil escudos de multa e suspensão por um ano, pela não realização do jogo da primeira mão, no Estádio Orlando Rodrigues.

Certo é que, depois de uma semana, não se conhece a decisão do Conselho de Disciplina da Federação cabo-verdiana de Futebol.

Recorde-se que a primeira mão da Final que deveria ter acontecido no sábado passado, 08 de Julho, ficou adiada para próximo sábado, 15. Mas, agora coloca-se a dúvida se haverá ainda condições para que no sábado haja jogo.

O Sporting da Praia está na final a espera de adversário.

Ontem a Federação Cabo-verdiana de Futebol enviou uma comunicação ao clube explicando que nada pode fazer, sem a decisão do Conselho de Disciplina. Segundo pode-se ler no comunicado a que a RCV teve acesso, passamos a citar “A Federação Cabo-verdiana de Futebol comunica ao Sporting Clube da Praia que aguarda a decisão do Conselho de Disciplina, sem a qual não poderá actuar nem continuar com o Campeonato Nacional 2016-2017.”

Ou seja, com esta demora, e a pouco mais de 48 horas para o jogo, adivinha-se um novo adiamento da primeira mão da final do Campeonato Nacional.


RCV


pub

Vídeos Relacionados

Comentários

pub

Pesquisar

Encontre-nos no Facebook