Notícias

Zamalek e 1º de Agosto renovam títulos de Campeões africanos de andebol

  • Primeiro de Agosto de Angola
  • Zamalek do Egipto
14 Out 2019 Desporto

O Zamalek do Egipto, em masculinos, e 1º de Agosto de Angola, em femininos, foram os vencedores da Liga dos Campeões Africanos de Andebol. A competição terminou ontem, na cidade da Praia.

Na final masculina, entre duas equipas egípcias, o Zamalek encontrou várias dificuldades perante o Sporting de Alexandria. O jogo terminou empatado a 29 golos. O vencedor só foi encontrado no prolongamento. Zamalek venceu por 33-31 e conquistou o tri-campeonato africano. A RCV ouviu o capitão da equipa. Mohamed Ashim "Jogamos na época passada duas vezes com o Sporting, na liga e na Supertaça. Eles ganharam-nos um dos jogos e outro foi muito difícil. Hoje nós não jogamos tão bem! Felicito o Sporting pelo que fizeram nesta partida. Dou os parabéns aos fãs do Zamalek e também aos meus colegas de equipa. Conseguimos dar a volta quando estivemos a perder por 3 bolas… é este é o espírito da nossa equipa".

Do Lado do Sporting de Alexandria, o treinador queixou-se de quando o Zamalek empatou e levou o jogo para prolongamento, o golo do empate aconteceu já com o tempo de jogo esgotado. "Eu não sei bem o que aconteceu com a minha equipa… vou rever o jogo na Televisão. Mas, penso que os árbitros levantaram a mão quando o jogo chegou aos 30 minutos. A mesa validou o golo, fomos para prolongamento e perdemos. Ok, vou rever o jogo, mas facto é que nós perdemos. Bom jogo do Zamelek… duro para a nossa equipa."

Com esta conquista, o Zamalek torna-se tricampeão de África. Sporting levou a medalha de prata e o bronze foi para os angolanos do Inter Clube que na disputa do terceiro lugar ganharam JSK do Congo por 24-21.

Na prova feminina, a final foi entre duas equipas angolanas: o 1º de Agosto confirmou o favoritismo frete ao Petro e ganhou por 18-16. Morten Soubank, o dinamarquês que orienta o Primeiro de Agosto, falou numa partida difícil.

O 1º de Agosto soma o sexto título africano consecutivo. A equipa angolana é também Campeã do Mundo.

O Petro esteve na frente durante toda a primeira parte e mesmo na segunda parte e só a partir do minuto nove deixou-se ultrapassar no placar. O treinador do Petro, Edgar Neto, alguns exclusões na parte final do jogo mataram a sua equipa.

1º de Agosto hexacampeã de África, Petro 2º lugar. Medalha de bronze para o ABO Sport do Congo que na disputa pelo terceiro lugar, ganhou outra equipa do Congo, DGSP, por 29-28.

Para a Federação Cabo-verdiana de Andebol, esta Liga vai deixar um legado importante à Cabo Verde. O presidente Nelson Martins ficou feliz com a forma como tudo decorreu.




Reportagem RCV


pub

Vídeos Relacionados

Comentários

pub

Pesquisar