Notícias

Maio: anulado o campeonato regional de futebol da primeira divisão. Figueirense inconformado


22 Ago 2020 Desporto

A assembleia-geral extraordinária foi bastante conturbada. O Figueirense, equipa que reclamava para si a atribuição do título, fez duras críticas à ARFM.

Já está decidido. Ficou anulado o campeonato regional de futebol da primeira divisão na Ilha do Maio. A decisão saiu de uma assembleia-geral extraordinária realizada, esta sexta-feira, à noite, na Cidade do Porto Inglês.

A sessão começou já com alguma tensão, precisamente na aprovação da ordem dos trabalhos. A Associação Regional de Futebol do Maio mandou uma ordem do dia e, antes de sua aprovação, o Figueirense apresentou uma outra proposta que acabou por não passar na votação.

Aprovada a ordem dia, os dirigentes ficaram com a responsabilidade de votar para escolher um dos dois pontos. Primeiro, a atribuição de título de campeão à equipa que estava na primeira posição ou, segundo ponto, a anulação do campeonato.
Dos 12 clubes presentes, 6 votaram na proposta 2, que sugeria o cancelamento da época. Outros três clubes votaram na primeira proposta que era de atribuir o título à equipa que se encontrava no primeiro lugar. Os restantes 3 votos foram nulos.

Foi, precisamente, a questão dos votos nulos que gerou muita confusão. Alguns clubes alegaram falta de esclarecimento na hora da votação e pediram a repetição dos votos, algo que foi rejeitado. Assim, prevaleceu a decisão de anular o campeonato da primeira divisão da época desportiva 2019 2020 na ilha do Maio.
O Presidente da Assembleia-geral, Agnelo Rosa, disse que alguma tensão gerada durante a sessão “é normal” e reconfirmou a decisão final.

No término da sessão, registámos algumas criticas à direcção da ARFM, liderada por Manuel Oliveira. Este diz receber as críticas de forma natural.

O Figueirense era a equipa que estava no primeiro lugar do campeonato quando tudo foi suspenso por causa da pandemia da covid-19. O clube da Figueira Horta não gostou da decisão e fez duras críticas ao futebol do Maio. Entretanto, não quis falar à imprensa.


Reportagem RCV com jornalista José Carlos Va


pub

Vídeos Relacionados

Comentários

pub

Pesquisar