Notícias

Prisão preventiva para dois dos sete suspeitos de sequestro e homicídio em Santa Cruz


31 Out 2020 Sociedade

Dois dos sete indivíduos detidos, na quarta-feira, 28, por suspeita de crimes de sequestro e homicídio, no concelho de Santa Cruz, Santiago, ficaram em prisão preventiva. Aos restantes detidos foram-lhes aplicado Termo de Identidade e Residência e Interdição de Saída.

Os suspeitos, com idade compreendida entre os 15 e os 38 anos, foram detidos pela Polícia Judiciária na passada quarta-feira, nos bairros de Pensamento (Praia) Pedra Amolar (São Lourenço dos Órgãos) Achada Riba e Nhagar (Santa Catarina).

Os crimes remontam a abril de 2019 quando um cabo-verdiano, emigrante em Portugal e que na altura estava de férias em Cabo Verde, foi encontrado morto numa ribanceira no concelho de Santa Cruz, interior de Santiago.

A vítima (foto), um emigrante de 56 anos, a data dos factos encontrava-se de férias em Cabo Verde, terá sido sequestrado na noite do dia 08 de abril de 2019, no Concelho de Santa Cruz, tendo o seu corpo sido encontrado quatro dias depois, numa ribanceira, ao lado da estrada principal na localidade de Salto Baixo, no mesmo concelho, já em estado de putrefacção.

Os detidos tinham sido presentes, na quinta-feira, ao Tribunal da Comarca de Santa Cruz, para efeito do primeiro interrogatório judicial e aplicação de medidas de coação pessoal.



pub

Vídeos Relacionados

Comentários

pub

Pesquisar