Notícias

No Maio mãe desesperada denuncia publicamente professor de abuso sexual da filha menor


12 Nov 2016 Cultura


Uma mãe desesperada denuncia publicamente o professor da escola secundária Horace Silver na ilha do Maio de abuso sexual da sua filha menor em pleno ato de apresentação do Livro “Grito no Silencio – Pedofilia Abuso Sexual e Sociedade Cabo-verdiana”.


A denúncia aconteceu na presença da Ministra da Educação que se encontra de visita à ilha do Maio. Em pleno ato de apresentação do livro que fala precisamente de Pedofilia e Abuso Sexual, quando foi dado a palavra ao público para possíveis perguntas e esclarecimentos, eis uma mãe que aparece a chorar apelando para a justiça da sua filha menor que foi abusada sexualmente desde o ano passado pelo professor.

A senhora diz que tudo isso é do conhecimento da direção da escola, da procuradoria e do ICCA, mas que até então nada tinha sido resolvido. E nesta que foi a oportunidade crucial, na presença da Ministra que tutela a pasta da Educação, Família e Inclusão Social faz a sua denuncia.

As individualidades ficaram perplexas na sala e em silêncio ouvindo o desabafo desta mãe que parecia estar transtornada pedindo e implorando para que a justiça fosse feita. O autor da obra e psicólogo Jacob Vicente, disse que é isso mesmo que pode definir de Grito no Silencio.
 
Denuncia de um possível caso de abuso sexual de uma aluna menor por parte do próprio professor feita publicamente no ato de apresentação do livro Grito no Silencio, cenário que aconteceu na presença da Ministra da Educação, Família e Inclusão Social, Maritza Rosabal.


MCSA - RCV


Comentários

Pesquisar






Publicidade