Notícias

Primeiro-ministro desmente assinatura de acordo entre a TACV e CEIBA


Ulisses Correia e Silva - Primeiro Ministro
23 Dez 2016 Economia


O Primeiro-ministro, Ulisses  Correia e  Silva diz desconhecer a existência de acordo de parceria entre a Transportadora Área  Cabo-verdiana - TACV e a sua congénere Equato-guineense - CEIBA que  conforme um dos semanários cabo-verdiano, já estaria assinado entre as partes e que seria implementado já no primeiro trimestre de 2017 com a previsão de ganhos mútuos, numa estratégia de complementaridade.


Conforme explica o referido jornal, na sua edição desta semana, em notícia de manchete, CEIBA entraria com os meios e a TACV com o mercado já que esta tem certificação que lhe permite voar  para destinos como os Estados Unidos, mas não o pode fazer devido a problemas financeiros.

O suposto acordo contemplaria ainda a exploração dos Boeings 737 e 757 da CEIBA, com tripulação mista e com a exploração conjunta das rotas internacionais. E mais, a manutenção da frota da companhia aérea da Guiné Equatorial passaria a será assistida   por técnicos da TACV, mediante o pagamento de 10 milhões de euros anuais.

Lê-se também no referido semanário que a transporatdora aérea cabo-verdiana passaria a prestar  assessoria técnica à CEIBA na área de gestão e na formação de quadros. Um acordo geral que não invalidaria a preparação da TACV para Privatização.

Reacção do Chefe do Governo, em conversa  com a RCV, a margem da visita que Ulisses Correia e Silva efectuou ao Município da Praia.


MCSA - RCV


Comentários

Pesquisar






Publicidade