Notícias

Produtores de grogue e trapaceiros da Ribeira Grande de Santo Antão refletem sobre o sector


28 Dez 2016 Economia


Cerca de cem produtores de grogue e trapaceiros do concelho da Ribeira Grande estiveram reunidos ontem, terça-feira, no salão nobre da Câmara Municipal para reflectirem sobre o sector numa altura em que se prepara para mais uma faina agrícola já em Janeiro de 2017.


O encontro promovido pela edilidade local visa entre outros aspectos analisar a legislação em vigor desde de Agosto 2017 e o seu impacto na qualidade do grogue até agora produzido.

A produção do grogue genuínamente de cana de açucar em Santo Antão melhorou significativamente com a entrada em vigor da legislação em Agosto do ano passado. A medida vai pôr em sentidos os produtores, que passaram a produzir o grogue de qualidade que ela impõe.

Os produtores mostram-se optimistas quanto a aplicação da mesma lei, que na óptica de Alberto Ramos, um dos participantes do encontro, traz alguma disciplina no fabrico de aguardente.

O presidente da câmara municipal da Ribeira Grande, promotora do encontro com os produtores, diz que há todo o interesse no seio dos produtores em melhorar a qualidade do produto, mas chamaram atenção da concorrencia de outros produtos sem a qualidade exigida pela lei.


MCSA - RCV


Comentários

Pesquisar






Publicidade