Notícias

Grupo de Reflexão do PAICV considera que o problema do partido não se resolve com as eleições internas


18 Jan 2017 Política


Numa conferência de imprensa, o grupo afirma que na base de dados para às eleições internas há personalidades de outros partidos que constam como militantes do PAICV e, se os seus nomes não forem expurgados, participarão na reeleição da liderança do partido.


O texto da conferência de imprensa é assinado por 20 militantes do PAICV, mas o Grupo de Reflexão garante que os militantes são aos milhares.

O grupo considera que as directas do PAICV marcadas para o dia 29 de Janeiro são inoportunas quer do ponto de vista estatutário como do próprio interesse do partido.

Júlio Correia, porta-voz do grupo garante que na base de dados para às eleições internas do dia 29 de Janeiro há personalidades do MpD que constam como militantes do PAICV. O grupo assegura que tudo fará para que os estatutos do partido sejam respeitados.

Júlio Correia deixou entender que Janira Hopffer Almada não devia se recandidatar à liderança do PAICV. O Grupo de Reflexão do PAICV acusa a liderança do partido de marginalizar alguns activos do principal partido da oposição.

O texto da conferência de imprensa do Grupo de Reflexão do PAICV é assinado por Júlio Correia, Felisberto Vieira, José Manuel Andrade, Sidónio Monteiro, Filomena Martins, Octávio Tavares, Arnaldo Andrade, Leonesa Fortes, José Manuel Sanches, Manuel Fredérico, Alcídio Tavares, Euclides de Pina, Marisa Morais, Afonso da Fonseca, Carlos Delgado, Alexandre Novais, Manuel Barbosa Amado, António Oliveira e José Maria Veiga.


MCSA - RCV


Comentários

Pesquisar






Publicidade