Notícias

Privatização dos portos de Cabo Verde particularmente os da Praia e do Mindelo continua na linha das preocupações do Governo


Jorge Mauricio - Presidente do Conselho de Administração da Enapor
10 Fev 2017 Economia


Um assunto que deverá ser retomado na mesa de negociações entre as partes, isto em busca de alternativas que sirvam o país, realça o Presidente do conselho de administração da ENAPOR.


A assinatura da subconcessão dos portos da Praia e Mindelo ao grupo Francês de transportes e  logística, Bolloré, esteve agendada para finais o ano passado, mas tudo ficou adiado.

Jorge Maurício, Presidente do conselho de administração da Enapor, diz que é um assunto sob a alçada do Governo, que procura realizar um casamento perfeito e que sirva Cabo Verde.

Na oportunidade, quizémos saber junto do nosso entrevistado sobre as vantagens que o terminal de cruzeiros a ser construído no porto do Mindelo poderá trazer para o cais acostável. Para já diz que tem já algumas componentes bem definidas na parte do berço de atracação de navios de 400 metros e uma profundidade de onze metros, e ainda uma vila turística a ser construída.

É preciso estar estruturado para receber cruzeiros. Uma das apostas da Enapor é a construção do terminal junto ao antigo cais de pesca, enquanto se projecta a privatização dos portos do país.


MCSA - RCV


Comentários

Pesquisar






Publicidade