Notícias

Joana Rosa diz que o parlamento deve estar atento aos sinais de abuso sexual de menores


Joana Rosa - Presidente da Comissão de Assuntos Constitucionais da Assembleia Nacional
14 Fev 2017 Política


A Presidente da Comissão Especializada dos Assuntos Constitucionais e Direitos Humanos da Assembleia Nacional defendeu que, enquanto representantes do povo, os deputados têm também o dever de velar pelo bem-estar das crianças.


No final de mais uma audição aos responsáveis dos organismos ligados à protecção das crianças, visando a criação de um dia nacional de combate ao abuso sexual dos menores, Joana Rosa considerou que o parlamento deve estar atento aos sinais de abuso sexual de menores, alterando o statu quo, através de feitura de leis.

Uma visão partilhada pela Presidente da Fundação Infância Feliz, Adélcia Pires, para quem a responsabilidade de defesa dos direitos dos menores deve caber a todos.

Por iniciativa da Acrides, e com o engajamento do Parlamento, Cabo Verde pretende estabelecer o 4 de Junho como o dia nacional de combate ao abuso sexual dos menores.

Para a materialização deste propósito, a Comissão dos Assuntos Constitucionais e Direitos Humanos começou, a semana passada, a ouvir as instituições que lidam com a problemática dos menores.

Depois de ouvir a Acrides, o Parlamento reuniu-se com os responsáveis da Infância Feliz, da Associação Colmeia e a da Associação Black Panthers.


MCSA - RCV


Comentários

Pesquisar






Publicidade