Notícias

Ser-se ao mesmo tempo gestor público e dirigente partidário vai deixar de ser possível


Fernando Elísio Freire - Ministro da Presidencia do Conselho de Ministros
17 Fev 2017 Política


É que o Governo aprovou quinta-feira em Conselho de Ministros a lei de incompatibilidades.


Trata-se de uma medida que, segundo o ministro dos Assuntos Parlamentares, Fernando Elísio Freire, visa garantir a separação entre o Partido e o Estado.

A lei sobe agora ao Parlamento, onde o porta-voz do conselho de ministros diz esperar o engajamento de todos quantos defendem uma administração pública que coloque os cidadãos do centro das decisões.

Na reunião, o Conselho de Ministros determinou também a retirada de circulação das notas de duzentos escudos, emitidas em 2005 e as de 2 mil escudos, impressas em 1999.


MCSA - RCV


Comentários

Pesquisar






Publicidade