Notícias

Primeiro-ministro português pretende que o acordo de mobilidade seja uma realidade o quanto antes


Jorge Carlos Fonseca e António Costa
21 Fev 2017 Política


António Costa já entregou um documento de trabalho ao Governo de Cabo Verde para se iniciarem os trabalhos.


António Costa quer que Portugal e Cabo Verde trabalhem em conjunto para aproveitarem bem a presidência cabo-verdiana da CPLP no próximo ano, para que a mobildade seja uma realidade e permita que cada cidadão da Comunidade possa sentir o espaço europeu como seu.

Há muito que os cabo-verdianos acalentam o desejo da livre circulação na União Europeia e este é um sonho que parece estar cada mais perto de se concretizar, a crer nas palavras do Primeiro-ministro português António Costa que disse que quer acelerar o prcesso e espera um trabalho conjunto entre Portugal e Cabo Verde para o efeito.

António Costa falava a comunicação social depois de uma visita ao Presidente da República, Jorge Carlos Fonseca, e assegurou que no que depender da parte dos portugueses tudo vão fazer para que o processo seja celere e teve a confirmação do enjamento da parte cabo-verdiana atraves do ministro dos negócios estrangeiros, Luís Filipe Tavares.

António Costa disse que o encontro com o Presidente da República de Cabo Verde, foi mais um momento para incrementar o diálogo político entre os dois países, e referiu a visita do Presidente da República portuguesa a Cabo Verde em Abril, como mais um grande momento desse processo.


MCSA - RCV


Comentários

Pesquisar






Publicidade