Notícias

Eleitos municipais no Sal reuniram-se na sua segunda sessão ordinária do sétimo mandato


Júlio Lopes - Presidente da Câmara Municipal do Sal
26 Fev 2017 Política


A sessão, desta vez, foi descentralizada e teve como palco um dos hotéis da cidade turística de Santa Maria.


Dos quatro pontos em apreciação, destaque para o relatório de actividades da Câmara Municipal, desde a última sessão da Assembleia Municipal.

A avaliação do relatório diverge entre as bancadas do PAICV e do MpD e do deputado da UCID. O relatório de actividades do ano passado foi analisado em dois momentos, os últimos nove meses do mandato de Jorge Figueiredo e 3 meses da actual equipa camarária liderada por Júlio Lopes. Luís Delgado da UCID entende que o balanço geral é satisfatório.

Depois do período de integração no últimos 3 meses, a bancada do PAICV, no avaliar de Kátia Medina de Carvalho, quer ver como a actual equipa irá processar neste ano que já tem um orçamento para aplicar.

Debruçando sobre os 3 meses de actividades da actual câmara, a bancada do MpD, através do seu líder Nuno Lopes, considera o relatório de positivo.

Respondendo às acções desenvolvidas pela sua equipa nos 3 meses, Júlio Lopes realça que foi um período de organização para preparar para cumprir a grande ambição que é transformar o Sal numa ilha turística de referência internacional.

No período antes da ordem do dia, como habitualmente, foi destinado aos munícipes, durante o qual a Câmara e Assembleia Municipais foram interpeladas sobre questões que dizem respeito à vida do concelho ou que constituam preocupações dos munícipes.


MCSA - RCV


Comentários

Pesquisar






Publicidade