Notícias

Belarmino Lucas afirma que o projecto Novo Banco começou mal e nunca foi devidamente capitalizado


Belarmino Lucas - Presidente da Câmara de Comércio de Barlavento
10 Mar 2017 Economia


O Economista e Presidente da Câmara de Comércio de Barlavento, Belarmino Lucas, assevera que a morte do Novo Banco já era anunciada desde a sua concepção e que opções de gestão, com a perda do foco da sua vocação, ditaram o desfecho anunciado pelo Banco Central.


Entretanto, Belarmino Lucas não vê riscos maiores para o sistema financeiro e bancário cabo-verdiano.

Belarmino Lucas declara à RCV que o projecto Novo Banco começou mal, nunca foi devidamente capitalizado, perdeu o foco ao tentar competir com os bancos tradicionais e que, ao Banco de Cabo Verde, não restava outra decisão que não ditar a resolução da instituição.

Para o economista, os depósitos dos particulares, através da Caixa Económica, estão salvaguardados. Os prejuízos, esses, recaiem sobre os accionistas.

Em relação ao impacto da resolução do Novo Banco para o sistema financeiro e bancário cabo-verdiano, Belarmino Lucas não antevê problemas maiores.

O Banco Central prevê que o Novo Banco entre em processo de liquidação administrativa dentro de dois meses com a consequente dispensa dos trabalhadores.


MCSA - RCV


Comentários

Pesquisar






Publicidade