Notícias

Pela primeira vez o Cardeal, Dom Arlindo Furado reagiu ao escândalo que envolveu um padre da paróquia da Calheta de São Miguel


Cardeal Dom Arlindo Furtado
02 Abr 2017 Sociedade


Sem entrar em pormenores ou alongar-se em justificações sobre o escândalo que envolveu o Padre Alfredo Inácio, com fotografias tornadas publicas de alegado envolvimento do padre em orgias sexuais, Dom Arlindo Furtado confirma que o sacerdote regressou ao país de origem, Angola, e lamenta o ocorrido.


O caso foi despoletado nas redes sociais, em finais de Fevereiro, com fotografias do sacerdote Angolano, Alfredo Sebastião Inácio, alegadamente mostrando cenas de sexo, com poses do padre com sutiã e imagens de mulheres nuas no seu quarto.

Caso que abalou a igreja católica e o município de São Miguel no interior de Santiago, em particular. O padre espiritano se encontrava em São Miguel desde 2007.


MCSA - RCV


Comentários

Pesquisar






Publicidade