Notícias

Ex-Primeiro-ministro José Maria Neves classifica como absurda a decisão do Governo de isentar vistos a cidadãos europeus


José Maria Neves - Ex-Primeiro Ministro
13 Abr 2017 Política


Para José Maria Neves, Cabo Verde não terá nenhum benefício com esta isenção de vistos que devia ser nos dois sentidos.


O antigo Primeiro-ministro avisa que a medida poderá representar uma perda de receita anual de 20 milhões de euros.

José Maria Neves afirma que antes de o Governo tomar esta decisão deveria consultar os cabo-verdianos.

O Primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, disse segunda-feira, à saída de um encontro com o Chefe de Estado português, que está a criar condições para a isenção de vistos para cidadãos da União Europeia e Inglaterra a partir do mês de Maio.


MCSA - RCV


Comentários

Pesquisar






Publicidade