Notícias

UCID espera para ver como é que o Governo vai compensar perto de 2 milhões de contos que o país vai perder com a isenção de vistos aos cidadãos da UE


António Monteiro - Presidente da União Cabo-verdiana, Independente e Democrática
19 Abr 2017 Política


A isenção de vistos aos cidadãos da União Europeia só será benéfica para Cabo Verde se essa medida contribuir para a criação de emprego, bem-estar social e crescimento da economia.


Este é o entendimento da União Cabo-verdiana, Independente e Democrática, UCID, e foi tornada pública, em Conferência de Imprensa, pelo seu Presidente.

António Monteiro diz que a UCID vai esperar para ver como é que o Governo vai compensar os cerca de dois milhões de contos que o país vai perder com a isenção de vistos aos cidadãos da União Europeia.

A UCID espera para ver, quanto mais não seja porque não tem informação nem elementos que possibilitem aos seus dirigentes aferir o alcance desta medida.

António Monteiro diz que a UCID espera que o Governo tenha preparado medidas para compensar a verba que irá perder com a isenção de vistos. A UCID dá o benefício da dúvida ao Governo mas garante que vai exigir responsabilidades.


MCSA - RCV


Comentários

Pesquisar






Publicidade