Notícias

"A saúde não tem preço e nem é mensurável em metros quadrados"


Augusto Neves - Presidente da Câmara Municipal de São Vicente (Centro)
09 Mai 2017 Política


É assim que o Presidente da Câmara Municipal de São Vicente, Augusto Neves, justifica a troca dos terrenos municipais do Complexo Desportivo Carlos Alhinho, medindo cinco mil e oitocentos metros quadrados, pelos terrenos do Campo de Baskett, junto ao Hospital Baptista de Sousa, medindo dois mil, seiscentos e vinte metros quadrados e pertencente a um privado.


A permuta foi selada em protocolo no mês de Março e os terrenos junto ao Hospital foram doados ao Ministério da Saúde para viabilizar a requalificação e expansão do Hospital de São Vicente.

Os termos do acordo foram questionados, ontem, pelo Presidente da Comissão Política Regional do PAICV. Alcides Graça estranha o facto de o privado ter recebido nessa permuta uma infra-estrutura desportiva medindo mais três mil, cento e setenta e nove  metros quadrados.

Augusto Neves responde dizendo que a saúde não é medida em metros quadrados. Sobre a possibilidade de existência de outros terrenos que poderiam ter sido incluídos no negócio, conforme sugeriu Alcides Graça, o Presidente Augusto Neves recua no tempo para dizer que o impasse é antigo. E a população pode estar tranquila porque a infra-estrutura desportiva não irá desaparecer. Será requalificada, assegura Augusto Neves.

Augusto Neves diz que o protocolo que estabele a permuta com o privado é um trabalho honesto e refuta a ideia de negócio que cheira mal.

Augusto Neves falava, na manhã de hoje, em conferência de imprensa, no salão nobre da autarquia, antes da sessão da Assembleia Municipal, reunião onde o protocolo de permuta desses terrenos será apreciado e votado.


MCSA - RCV


Comentários

Pesquisar





Inquérito Online