Notícias

Ministro das finanças afirma que o plano de reestruturação da companhia aérea TACV está na fase final


Olavo Correia - Ministro das Finanças
10 Mai 2017 Economia


Olavo Correia admite que da apresentação depende a retoma da ajuda orçamental do Banco Mundial ao país.


O ministro das finanças, que falava aos jornalistas à margem da apresentação pública do projeto de apoio institucional da União Europeia a Cabo Verde, confirmou que o documento ainda não foi entregue.

As declarações do ministro das finanças surgem depois de a representante do Banco Mundial para Cabo Verde, Louise Cord, ter dito que a ajuda orçamental, uma das componentes do programa de apoio ao país, se encontra suspensa até à entrega do referido plano.

O Banco Mundial aprovou um novo programa de apoio para os próximos três anos a Cabo Verde, estimado em 90 milhões de dólares, que irá começar o financiamento de projetos a partir de Julho, mas manterá a componente do apoio orçamental suspensa até que seja encontrada uma solução para a TACV.

Olavo Correia sublinhou que o pacote global de financiamento está a funcionar e confirmou que a ajuda orçamental está condicionada a resultados.

Segundo o ministro das finanças, a empresa Transportes Aéreos de Cabo Verde, tem uma dívida acumulada de 110 milhões de euros, o que representa 8 a 9% da riqueza do país.


MCSA - RCV


Comentários

Pesquisar






Publicidade