Notícias

Câmara do Sal apresentou em facsimile as três maiores obras de Jorge Barbosa: “Arquipélago", “Ambiente” e “Caderno de um ilhéu”


Jorge Barbosa - Um dos mais Marcantes Poetas Cabo-verdianos
24 Mai 2017 Cultura


Uma apresentação em homenagem ao poeta Jorge Barbosa, para assinalar os cento e quinze anos do seu nascimento.


Dissertando sobre o trovador, o Presidente da República, Jorge Carlos Fonseca, que participa na homenagem enquanto escritor e poeta, estriba-se num texto que, conforme conta, escrevera sobre Jorge Barbosa, em 25 de Maio de 2002, para comemorar os cem anos do poeta, e que nunca chegou a lê-lo, porque como estava na Brava, por questões de ligação chegou atrasado ao colóquio.

Ondina Ferreira, que também se associou a estas celebrações de homenagem para prestar tributo à memória de um dos considerados mais importantes poetas cabo-verdianos, partilhou, neste ambiente de cultura, a apresentação das três importantes colectâneas de poemas de Jorge Barbosa, sob forma de facsimile.

O representante da  livraria Pedro Cardoso, Mário Silva, na sua intervenção, manifestou a ambição de a livraria continuar a política de editar os clássicos cabo-verdianos.

Jorge Vera Cruz Barbosa, nasceu na ilha de Santiago a 22 de Maio de 1902, mas viveu e trabalhou vários anos no Sal, onde escreveu a maior parte das suas obras, e que constituem um “marco indelével” para a poesia cabo-verdiana.


MCSA - RCV


Comentários

Pesquisar






Publicidade