Notícias

Plano de acção do agrupamento competitivo do queijo de cabra foi socializado na ilha do Fogo


Queijo do Fogo
19 Jul 2017 Economia


O projecto visa desenvolver a ideia do agrupamento e fomentar as relações comerciais com a industria do turismo.


O financiamento é da União Europeia no valor de cerca de 29 mil contos para as ilha do Fogo e da Boavista, o apoio técnico é da ONUDI.
 
Não é de hoje que o Governo mostra interesse em aumentar a competitividade da cadeia de valor do queijo de cabra para, entre outros objectivos, melhorar as condições de vida dos pequenos criadores e produtores bem como promover o desenvolvimento local inclusivo e sustentável.

Os agrupamentos, por sua vez, mostram-se potenciais impulsionadores da economia criando um ambiente favorável para as micro e pequenas empresas defendeu Rui Levy representante do gabinete das Nações Unidas para o desenvolvimento industrial que assegura o apoio técnico deste projecto.

No primeiro ano foi feito um diagnóstico do agrupamento, definida a visão de futuro e o plano de ação. Neste segundo encontro os presentes debatem sobre a implementação do mesmo.

As próximas ilhas e outros produtos poderão ser abarcados numa segunda fase dependendo do sucesso deste projecto. Do ano passado a esta parte todas as atenções estiveram viradas para a melhoria da qualidade e da comercialização e já há três agrupamentos que já podem ser licenciados pois têm seguido as exigências impostas pela ARFA diz Jaime Ledo, delegado do ministério do ambiente e agricultura.


MCSA - RCV


Comentários

Pesquisar





Inquérito Online