Notícias

Todas as ilhas do país vão receber acções de sensibilização antidopagem


29 Ago 2017 Desporto


Quem o diz é o Presidente da Organização Nacional, Emanuel Passos, que realça a importância de se alertar os atletas sobre os riscos do dopping no desporto e na saúde.


A campanha anti-dopping começou na ilha de Santiago com palestras destinadas às equipas de voleibol e andebol. A Organização Nacional Antidopagem prevê iniciar mais uma fase de formação e informação junto aos atletas, dentro de duas semanas, com vista a abranger todos os municípios da maior ilha do país.

Depois de Santiago será a vez de outras ilhas acolherem a campanha que tem por objetivo assegurar a prática do desporto limpo. Emanuel Passos afirma boa receção das informações por parte dos desportistas e dos dirigentes desportivos.

Santiago deverá ser a primeira ilha a receber o controlo antidopagem, depois da campanha de sensibilização sobre os riscos do dopping e a importância de ter um desporto limpo e saudável.

A Organização Nacional Antidopagem garante estar a trabalhar na legislação antidopagem. Afiança, por outro lado, que fará recurso ao Código Mundial Antidopagem para validar o controlo aos atletas, previsto para breve.


MCSA - RCV


Reportagem RCV


Comentários

Pesquisar






Publicidade