Notícias

Ministério da Saúde pede mais engajamento para evitar o aumento de casos de Paludismo


Paludismo
31 Ago 2017 Sociedade


O ministério da Saúde pediu à população e às entidades com responsabilidade nos setores do ambiente e saneamento mais engajamento para evitar o aumento de número de casos de Paludismo no concelho da Praia.


Em comunicado,  os responsáveis da Saúde justificam o alerta com o inicio das chuvas que, lembram, propiciam a proliferação dos  mosquitos.

À esta situação junta-se também aquilo que o ministério da Saúde classifica de precárias condições ambientais, detectadas pelos agentes de luta antivectorial nas visitas diárias aos bairros da cidade da Praia.

O comunicado do ministério da Saúde tem um rol de recomendações, com destaque para a que pede às pessoas que informem os serviços municipais da existência de pardieiros onde possam existir tanques, depósitos ou outros recipientes com água estagnada.

Só no concelho da Praia, foram registados um total 110 casos de paludismo, sendo os bairros da Várzea, Achada Santo António, Achadinha, Ponta Belém e Lém Ferreira os mais afectados.


MCSA - RCV


Comentários

Pesquisar






Publicidade