Notícias

Ginástica Rítmica: Márcia Lopes regressa ao país com “sentimento de dever cumprido”


Márcia Lopes
07 Set 2017 Desporto

A ginasta cabo-verdiana, Márcia Lopes, já está de regresso ao país depois de ter representado Cabo Verde no trigésimo quinto Campeonato do Mundo de Ginástica Rítmica, competição que decorreu na cidade de Pesaro, na Itália, de 30 de Agosto a 3 de Setembro.

Márcia Lopes, de apenas 15 anos, estreava-se numa competição mundial, e ficou na posição 84, num universo de 90 participantes. Uma classificação aquém daquilo que a jovem esperava, mas diz ter ficado muito feliz, pela experiencia adquirida.

Márcia Lopes competiu em 4 aparelhos: fita, bola, massas e arco. A melhor performance da ginasta cabo-verdiana foi em fita onde ficou em octogésimo quarto lugar.

A Federação Cabo-verdiana de Ginástica ficou orgulhosa com a participação da Márcia Lopes no Mundial da Ginástica Rítmica, na Itália, diz a Presidente Lizandra Varela.

O trigésimo quinto campeonato mundial de Ginástica Rítmica, de Pesaro, Itália, foi dominado pelas ginastas russas. A Rússia conquistou ao todo 13 medalhas. As de ouro, em 8 possíveis, a Rússia levou 7. A outra foi conquistada pela Itália que competia em casa. O continente africado esteve representado por apenas 3 países: Egipto, África do Sul e Cabo Verde.


Reportagem RCV com Benvindo Neves


Relacionados

Comentários

Pesquisar





Inquérito Online