Notícias

Assinala-se hoje 93 anos do nascimento de Amílcar Cabral o arquiteto da nacionalidade cabo-verdiana


Amilcar Cabral - Pai da Nacionalidade
12 Set 2017 Política


Na cidade da Praia a efeméride começou a ser assinalada desde ontem, pela Fundação Amílcar Cabral e pelo Instituto Pedro Pires para a Liderança, com uma conversa aberta sobre a Cultura e Resistência.


Uma forma de eternizar a memória de Amílcar Cabral e levá-lo ao conhecimento da geração mais jovem.

A discussão à volta da figura de Amílcar Cabral foi feita de uma forma reflexiva. O professor de história Lourenço Gomes centrou a sua abordagem no paradigma cultural de Cabral e tudo o que contribuiu para formar nele o espírito de resistência, levando para a discussão as teses deste herói africano. Teses que como diz Lourenço Gomes são ainda atuais.

Dentre outras figuras, o antigo Presidente de Cabo Verde, Pedro Verona Pires, revê Amílcar Cabral em toda a sua dimensão.

Dada a importância da figura de Amílcar Cabral, realça também o Presidente da Fundação com o mesmo nome, a necessidade de se continuar a preservar a memória e a história que Cabral protagonizou. Pedro Pires fala, por exemplo, na possibilidade de a Fundação fazer chegar a herança de Cabral a todos quantos gostam ou se interessam pela história através das novas tecnologias.

A Fundação Amílcar Cabral quer que os jovens se apropriem da melhor forma da história à volta de Cabral que se estivesse vivo completaria hoje 93 anos de idade. Enquanto isso, vai trabalhando em novas formas para preservação e divulgação da memória da luta de libertação nacional.


MCSA - RCV


Comentários

Pesquisar






Publicidade