Notícias

Ministro dos Negócios Estrangeiros, Luís Filipe Tavares, está em Paris


Luís Filipe Tavares - Ministro dos Negócios Estrangeiros e da Defesa
05 Out 2017 Política


Esteve ontem, na sede da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE).


Luís Filipe Tavares participou no 17º Fórum Económico Internacional sobre África, dedicado ao tema "Os Empresários e a Industrialização de África", tendo insistido, na sua intervenção, sobre a necessidade de respeitar os direitos humanos, a democracia e as liberdades em África.

Durante a sua participação na mesa redonda intitulada "Os empresários podem acelerar a industrialização de África?", o ministro Luís Filipe Tavares disse que há duas condições prévias a todo o desenvolvimento industrial: o respeito pela democracia, pelo Estado de direito e pelo normal funcionamento das instituições e a necessidade de um grande investimento na educação.

Ainda durante a sua intervenção no painel sobre a industrialização em África, o chefe da diplomacia cabo-verdiana disse estar muito optimista pelo futuro de África e que os africanos devem tomar as rédeas do seu futuro.

Luís Filipe Tavares disse depois que o processo de adesão de Cabo Verde à Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico vai iniciar agora e leva tempo. O governante acredita que Cabo Verde pode ser muito útil à OCDE.

Cabo Verde integra um centro de desenvolvimento da OCDE, uma organização onde atualmente não está nenhum país africano.

De acordo com as perspectivas económicas de 2017 da OCDE para Cabo Verde, disponíveis na página internet da organização, depois de ter sofrido o impacto das crises financeiras que afetaram a Europa e o mundo, a economia de Cabo Verde está de novo a subir com mais de 3,2 por cento em 2016 e esta tendência deverá continuar e o PIB registar uma subida de 3,7 por cento em 2017 e 4,1 por cento em 2018.


MCSA - RCV


Comentários

Pesquisar






Publicidade