Notícias

Problemas que emperram a justiça arrastam-se há muitos anos e não se vislumbra nenhuma solução para o problema


Clóvis Silva - Deputado do PAICV
14 Out 2017 Política


O diagnostico é do grupo parlamentar do PAICV, que esta tarde se reuniu com o Presidente do Conselho Superior do Ministério Público, Óscar Tavares.


Segundo o porta-voz do grupo, Clóvis Silva, o problema põe-se com mais acuidade em Santiago, onde, diz, concentra-se metade de toda a pendência nacional.

O deputado não acredita num remédio milagroso que resolva os problemas da justiça, mas sugere um investimento forte na sociedade civil organizada, para evitar que tudo vá parar ao ministério público e à polícia.

Não obstante a persistência dos problemas, Clóvis Silva explica que uma simples análise dos números mostra que a Justiça tem dado alguma resposta, embora reconheça que as pendências tenham aumentado.

A visita dos deputados do PAICV à Procuradoria-Geral da República ocorreu no âmbito da preparação para o debate sobre estado da Justiça, marcado para sessão parlamentar de Outubro.


MCSA - RCV


Comentários

Pesquisar






Publicidade