Notícias

Primeiro-ministro da Guiné-Bissau fez ontem uma visita de algumas horas a Cabo Verde


Umaro Sissoco Embaló - Primeiro-ministro da Guiné Bissau
18 Out 2017 Política


O Primeiro-ministro da Guiné-Bissau, Umaro Sissoco Embaló, disse ontem na cidade da Praia que o seu país não está em crise e que os problemas da Guiné devem ser ultrapassados pelos próprios guineenses.


Umaro Sissoco Embaló fez uma visita de algumas horas a Cabo Verde, onde solicitou encontros com o Presidente da República e com o Primeiro-ministro. Questionado se pretende pedir a mediação das autoridades cabo-verdianas para ultrapassar a crise na Guiné-Bissau, ressalvou que a mediação de um país irmão como Cabo Verde é bem-vinda.

Instado a pronunciar-se sobre o pedido que um grupo de partidos políticos fez ao Secretário-geral das Nações Unidas no sentido da intervenção da comunidade internacional para a aplicação dos acordos de Conacri, Umaro Embaló considerou que o acordo é só politiquice.

O Chefe do Governo guineense fez-se acompanhar de uma importante delegação integrada pelos ministros do Turismo e do Comércio, afirmou que a deslocação ao arquipélago foi a última etapa da sua visita à sub-região africana, depois de passar por todos os países da CEDEAO.


MCSA - RCV


Comentários

Pesquisar






Publicidade