Notícias

Mandingas da Ribeira Bote em São Vicente sem instrumentos musicais


Mandingas da Ribeira Bote - São Vicente
27 Out 2017 Cultura


A maior parte dos surdos dos mandingas da Ribeira Bote estão, literalmente, mudos, com as peles rasgadas esse tipo de instrumento musical não vale de nada.


É assim completamente desfalcado que a nova Direção assume o Grupo de animação do carnaval da ilha de São Vicente.

Com os apoios dos que reconhecem o valor desses carnavalescos por excelência, os novos líderes prometem uma presença forte no carnaval de 2018 no Mindelo.

Com o grosso dos seus instrumentos de percussão danificados, após o enterro do carnaval deste ano, os Mandingas da Ribeira Bote prometem tudo fazer para que a sua tradicional animação carnavalesca marque presença na festa do rei momo do próximo ano. A nova direção, que tem como Presidente o Nilton Rodrigues, propõe fazer de tudo para que não falte as condições mínimas ao grupo e ao seu programa de desfiles ao longo da próxima época carnavalesca.

Com os poucos instrumentos ainda funcionais, os Mandingas da Ribeira Bote garantem que a força não lhes irá faltar.

Apesar do contributo dado ao carnaval de São Vicente, os Mandingas da Zona Libertada, não recebem apoios institucionais nem pontuais, mormente fixos, assinala Nilton Rodrigues.

Mesmo mergulhados em dificuldades, por falta de instrumentos musicais, os Mandingas da Ribeira Bote vão delineando projetos. Em janeiro pretende arrancar as suas atividades, sendo as primeiras de homenagens à alguns dos seus destacados membros falecidos nos últimos anos.


MCSA - RCV


Comentários

Pesquisar






Publicidade