Notícias

Diretora do Banco Mundial para Cabo Verde visita hoje a ilha da Boavista


Louise Cord - Diretora do Banco Mundial para Cabo Verde
28 Out 2017 Economia


A descentralização é um dos desafios identificados pela equipa do Banco Mundial que está em Cabo Verde com o objetivo de fazer o Diagnóstico Sistemático do país tendo em vista a elaboração da estratégia de cooperação com o nosso país.


A informação foi avançada à RTC pela Directora do Banco Mundial para Cabo Verde, Louise Cord, no final da sua visita a São Vicente.

O Banco Mundial tem noventa milhões de dólares para financiar projectos nacionais nos próximos anos. A previsão é que em princípios de 2018 a estratégia dessa Instituição Financeira esteja pronta. Nela figurará a questão da descentralização, diz Louise Cord, Directora do Banco Mundial para Cabo Verde.

Para avaliar as particularidades das ilhas, a missão do Banco Mundial já visitou Santo Antão e São Vicente, ilhas cujas vocações podem ser complementares.

Nos desafios, duas questões transversais: a ligação inter-ilhas a qualidade das comunicações via internet. A missão do Banco Mundial regressou ontem a noite à cidade da Praia, e estará hoje na ilha da Boavista.


MCSA - RCV


Comentários

Pesquisar






Publicidade