Notícias

Arquitectos foram ontem às urnas para escolher o novo bastonário devendo os resultados definitivos serem conhecidos hoje


30 Out 2017 Sociedade


As eleições prolongaram-se das 8 manhã às 6 da tarde, e duas horas antes do fecho das urnas, o Presidente da mesa, o arquiteto Pedro Delgado fazia o balanço da forma como os cerca de 114 inscritos tinham afluído às urnas.


Nas eleições de ontem, apenas concorreu uma lista, encabeçada pelo Arquiteto Pedro Bettencourt, que será o substituto de César Freitas.

Mas nem tudo foi pacifico nestas eleições para a Ordem dos Arquitetos, porquanto um grupo de profissionais interpôs, no Tribunal da Comarca da Praia, uma providência cautelar para impedir a realização de eleições.

O grupo, integrado por Aureliano Ramos, Cipriano Fernandes e Frederico Hopffer Almada acusa a Ordem de estar na ilegalidade desde o ano passado, com todos os órgãos inoperantes.

Denunciam também o bastonário César Freitas de, violando os estatutos, ter liderado todo o processo eleitoral, uma tarefa, que, sublinham, é da exclusiva responsabilidade do Presidente da mesa da Assembleia-geral.

Instado a pronunciar-se sobre a polémica que envolve a Ordem, Pedro Delgado considera que é importante que a classe esteja unida para corresponder ao que a sociedade espera dela.

As eleições para os novos órgãos da Ordem dos Arquitectos decorreram nas regiões norte, leste e sul do País, devendo os resultados definitivos serem conhecidos hoje.


MCSA - RCV


Comentários

Pesquisar






Publicidade