Notícias

ADECO vai criar um fórum para a análise do Orçamento de Estado e o controle das contas públicas


António Pedro Silva - Presidente da Associaçao caboverdiana para a defesa dos consumidores
09 Nov 2017 Economia


Este é um dos resultados saídos das formações sobre “Prestação de contas e responsabilização”, que decorreram na Praia e em São Vicente e que capacitaram membros de quarenta organizações da sociedade civil.


A de São Vicente terminou, na tarde de ontem, e teve a duração de três dias. O propósito do forum é congregar as capacidades das Organizações não Governamentais, associações comunitárias, organizações de classes profissionais em matéria do controlo das contas e despesas públicas e implicá-las na análise e locação do Orçamento de Estado, diz António Pedro Silva, Presidente da ADECO.

Para essa missão, os participantes receberam formação em matéria de cidadania fiscal, orçamento aberto, inquérito ao orçamento, à responsabilização e à prestação de contas.

Carmen Ariana, formanda em representação da ADECO – Praia, acredita que, para o Orçamento de Estado para 2019, a sociedade civil irá participar efetivamente no ciclo orçamentário.

A formação sobre “Prestação de contas e responsabilização” enquadra-se no projeto de reforço das competências técnicas e funcionais das instituições supremas de auditoria dos parlamentos nacionais e sociedade civil dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa, mais Timor Leste e serviu também para a troca de experiência.

As formações são uma parceria entre o Programa das Nações Unidas em Cabo Verde , a ADECO, a Plataforma das ONGs de Cabo Verde e a Ordem Profissional de Auditores e Contabilistas de Cabo Verde.


MCSA - RCV


Comentários

Pesquisar






Publicidade