Notícias

Basquetebol: Treinador do Real Madrid seguia Edy Tavares há muito tempo


09 Nov 2017 Desporto

Pablo Laso, treinador da equipa de basquetebol do Real Madrid, confessou que há muito tempo que vinha seguindo o cabo-verdiano Edy Tavares.

“Sigo Edy Tavares desde que jogava em Gran Canaria, entre 2009 e 2015. Depois foi para a NBA e aí não podíamos competir. Ele mostrou vontade de continuar na NBA, mas não estava a jogar, e quando Kuzmic se lesionou deixámos claro que queríamos o Edy, o que não tinha sido possível até agora" – disse o treinador do real em declarações ontem à imprensa espanhola.

Questionado sobre a contratação do poste de 25 anos, Pablo Laso respondeu que só falará quando for oficial, mas confirmou que está em Madrid. E até admitiu que poderá jogar já no domingo frente ao Barcelona.

“Quando for oficial, se estiver tudo bem, é normal que jogue contra o Barça", revelou o treinador do Real Madrid.

Depois de ter jogado em Espanha, Walter Tavares assinou em 2014 pelos Atlanta Hawks, mas jogou muito pouco, e depois de uma passagem pelos Raptors 905, na NBA G League - uma liga menor -, ainda entrou nos Cleveland Cavaliers, equipa em que também raramente foi utilizado.


Edy Tavares em quarto lugar na lista dos jogadores mais altos da história do Real Madrid


O jornal desportivo espanhol, MARCA, elaborou uma lista dos jogadores mais altos da história do Real Madrid. Num lista de 14 atletas, o cabo-verdiano Edy Tavares aperece em quarto lugar. Eis a lista, decrescente:
14 - Ratko Varda (2,13 metros) 13 - Zan Tabak (2,13 metros) 12 - Paul Rogers (2,13 metros) 11 - Fernando Romay (2,13 metros) 10 -Tomas Van den Spiegel (2,14 metros) 9 - Rolf Van Rijn (2,15 metros) 8 - Mirza Begic (derecha - 2,16 metros) 7 - Ante Tomic (izquierda - 2,17 metros) 6 - Andrew Betts (2,17 metros) 5 - Salah Mejri (2,17 metros) 4 - Walter Tavares (2,20 metros) 3 - Arvydas Sabonis (2,22 metros) 2 - Nenad Sinanovic (2,22 metros) 1 - Priest Lauderdale (2,24 metros): No llegó a debutar oficialmente Afinal, Edy Tavares era pretendido também pelo Barcelona


A informação é avançada pelo jornal desportivo espanhol, MARCA. Nos corredores de Madrid, sabiam que Edy estava nos projectos do Barcelona. Tentaram fazer o jogador e seus agentes mudarem de ideia mas seus argumentos económicos e de duração do contrato não foram convincentes.

Depois da lesão de um jogador influente da equipa madrilena, os responsáveis do Real Madrid viram-se acossados pela necessidade e apresentaram uma oferta maior, tanto em relação à duração do contrato (três anos), como também para o salário. O jornal espanhol fala de uma oferta “irrecusável”, citando fontes ligadas à operação.



Reportagem RCV com jornalista Benvindo Neves


Relacionados

Comentários

Pesquisar






Publicidade