Notícias

UNTC-CS diz não ter sido ouvida pelo Governo sobre o Orçamento de Estado para 2018


Joaquina Almeida - Secretára Geral da UNTC-CS
13 Nov 2017 Sociedade


A UNTC-CS afirma não ter sido ouvida pelo Governo sobre o Orçamento de Estado para 2018, antes da sua aprovação no Conselho de Ministros, conforme compromisso assumido em sede do Conselho de Concertação Social.


Joaquina Almeida, Secretária-geral, daquela Central Sindical vai mais longe e afirma que tudo não passou de uma campanha de marketing político.

Em conferência de imprensa, a UNTC-CS mostrou-se preocupada por a proposta do Orçamento de Estado não ter passado pelos parceiros sociais e fala em falta de confiança na construção do diálogo social.

A UNTC-CS lembra que com o acordo de concertação estratégico o Governo comprometeu-se a apresentar a proposta do Orçamento de Estado em sede Concertação Social antes de ser aprovada em Conselho de Ministro. Joaquina Almeida afirma que até agora os parceiros sociais desconhecem o documento e conclui que, afinal, tudo não passou de uma campanha de marketing político.

No tocante às intenções do Governo em reduzir em 1% o IRPS para salários brutos compreendidos entre 35 mil a 80 mil escudos, Joaquina Almeida diz que o alívio é falso e   enganador.

A UNTC-CS defende que o Orçamento de Estado devia ainda reforçar os apoios sociais, com o aumento do mínimo de existência, os abonos familiares, os aumentos dos salários, das pensões e do salário mínimo, acima da inflação que se regista.


MCSA - RCV


Comentários

Pesquisar






Publicidade