Notícias

Cem expositores ocuparam os duzentos stands disponibilizados pela Feira Internacional de Cabo Verde


José Gonçalves - Ministro da Economia e Emprego
16 Nov 2017 Economia


Uma das maiores procuras de sempre que põe novos desafios ao país, admite o Ministro da Economia, José Gonçalves.


Aproveitando a audiência empresarial, proporcionada pela abertura da FIC, José Gonçalves, anunciou que já foi aprovado um pacote regulamentar que define o figurino do CIN, Centro Internacional de Negócios.

Diz o Ministro da Economia que a FIC é um dos mais importantes certames que se realizam na nossa zona pelo que o lema: O hub para a África Ocidental é um desafio alcançável, graças à nossa situação geográfica, à nossa estabilidade político-social e às políticas de redefinição dos transportes aéreos e marítimos.

Antes do discurso de José Gonçalves, já o Presidente da Câmara Municipal de São Vicente, Augusto Neves se tinha referido à FIC, como espaço estratégico para o país mostrar aquilo que de melhor tem, provomendo o desenvolvimento.

Para o Presidente da Câmara de Comércio de Barlavento a FIC é a maior montra do país. Conforme Belarmino Lucas, eleger essa feira como um hub para chegar à África Ocidental é uma visão estratégica e as Câmaras de Comércio terão que abraçar esse desafio sendo mais interventivas.

O país que regista ganhos com a realização da Feira Internacional de Cabo Verde, conforme sublinhou Gil Costa, Presidente do Conselho de Administração da FIC.

Gil Costa lembra que a Feira Internacional de Cabo Verde traz o mundo para Cabo Verde e leva o país ao Continente.

A FIC decorre até domingo, nos pavilhões da Laginha, e paralelamente serão realizadas jornadas técnicas e contatos win-win, ou seja negócios em que todas as partes saem a ganhar.


MCSA - RCV


Comentários

Pesquisar





Inquérito Online



Newsletter