Notícias

Qualificação Afrobasket: Cabo Verde tenta hoje anular a desvantagem de 12 pontos para seguir em frente


16 Jan 2020 Desporto

O combinado nacional tenta hoje, novamente frente a Argélia, o tudo-por-tudo para conseguir entrar na fase de grupos de apuramento para o Afrobasket 2021. Depois da derrota ontem, na primeira mão, hoje a tarde, acontece a partida decisiva.

Cabo Verde tem a difícil tarefa de anular uma desvantagem de 12 pontos. O jogo de ontem terminou com vitória dos argelinos por 79 – 67.

Os comandados do selecionador Mané Trovoada estiveram sempre atrás no marcador e abusaram dos lançamentos de 3 pontos. Cabo Verde, aliás, não foi eficaz neste aspeto, o que contribuiu sobremaneira para esta derrota. Ivan Almeida, Kevin Coronel, Shane da Rosa, Joel Almeida e Victor Andrade constituíram o quinteto que terminou o 1º período a perder por 23 x 10.

Já no 2º e 3º períodos, os argelinos mantiveram os criolos sempre a 8 pontos de distância, vencendo por 38 x 30 e 62 x 54, respetivamente.

Entretanto, à entrada para os últimos 10 minutos, com bons desempenhos de William Tavares e Victor Andrade, Cabo Verde esboçou uma reação, encurtando a distância para 6 pontos mas, foi sol de pouca dura.

O combinado nacional voltou a cometer diversos erros ofensivos e defensivos e os magrebinos aproveitaram para colocar o resultado final em 79 a 67.

E reagindo ao jogo, o selecionador nacional notou alguns momentos de desconcentração, sobretudo na parte final, o que ditou a derrota por 12 pontos de diferença. De todo o modo, Emanuel Trovoada ficou globalmente satisfeito com a prestação da equipa.

Nesta conversa com a RCV, momentos depois do término da partida, Mané Trovoada perspectivou o jogo de hoje. O selecionador nacional promete muita luta e diz não atira a toalha ao chão, pelo que acredita na reviravolta.

Este segundo jogo com a Argélia está marcado para as 17horas locais, 15 horas aqui em Cabo Verde. A seleção nacional está obrigada a anular a desvantagem de 12 pontos. Quem vencer a eliminatória irá integrar o grupo D que inclui Nigéria, Mali e Ruanda, já apuradas para a fase seguinte, por terem participado no Afrobasket 2017.


Reportagem RCV


Relacionados

Comentários

Pesquisar


Carnaval 2020


Anúncio


Prémios RTC 2019