Notícias

Um, dois, três, quatro… o enguiço dos empates. Bubista diz que futebol às vezes "é ingrato"

  • Bubista, Selecionador Nacional
18 Nov 2020 Desporto

Não ganha, mas também não perde um jogo. Um, dois, três quatro… são quatro os empates de Cabo Verde nesta campanha de qualificação para CAN 2022.

Os Tubarões Azuis voltaram a empatar ontem com o Ruanda, novamente a zero, depois de na semana passada ter acontecido o mesmo resultado aqui no país. O filme foi, aliás, bastante parecido, com a selecção nacional a ter mais posse de bola e mais oportunidades e a não conseguir concretizar.

A situação mais flagrante esteve nos pés de Lisandro Semedo. O avançado recebeu na área um passe de Ryan Mendes e, em posição frontal, permitiu a defesa do guarda-redes ruandês. Jamiro também dispôs de uma boa oportunidade, trabalhou bem na área mas o remate depois saiu ao lado.

Cabo Verde não soube tirar partido, também, do facto de ter jogado quase uma hora em superioridade numérica, depois da expulsão, ainda no primeiro tempo de um dos médios do Ruanda.

Na reacção ao jogo, o seleccionador nacional, Bubista, em declarações à RCV, lamentou as muitas oportunidades desperdiçadas quer ontem, quer na semana passada em Cabo Verde. “Fizemos tudo para ganhar, criámos muitas oportunidades. Acho que nos dois jogos com o Ruanda a sensação que fica é que perdemos 4 pontos, porque fomos superiores em ambos, criámos e desperdiçamos muitas oportunidades, mas isso faz parte do jogo”.

Os desperdícios fazem parte do futebol, por isso ele às vezes é ingrato, diz Bubista, que olha para as duas jornadas que faltam com optimismo. “Temos que continuar a acreditar. O futebol às vezes é ingrato. Eu já tinha dito na semana passada que o mais importante é criar oportunidades de golo, e essas temos criado. Depois o que vai fazer diferença é a qualidade técnica de cada jogador, mas também tem havido alguma ansiedade na nossa equipa no que toda à finalização. Demonstrámos muita atitude, muito carácter nestes dois jogos, foi pena não ter traduzido isso em vitórias. Mas continuar a trabalhar para os dois jogo com Camarões e Moçambique.”

Cabo Verde e Moçambique têm agora os mesmos 4 pontos. O jogo entre estas duas selecções será na última jornada desta fase de qualificação, em Maputo. Antes, os Tubarões Azuis recebem Camarões. As duas partidas só em Março do próximo ano. Bubista avisa que são para ganhar mas, ainda falta muito tempo. “Temos que procurar a vitória, não interessa quem é o adversário. O próximo jogo é em casa com os Camarões, vamos procurar ganhar e também ir à Moçambique com a possibilidade de qualificação. Acho que tanto para nós como para Moçambique vai extremamente duro ato o final desta campanha.”

Benvindo Neves / RCV


Reportagem RCV


Relacionados

Comentários