Buscas Câmaras Municipais: Ministério Público afirma que o processo continua em investigação e permanece em segredo de justiça

05 Julho de 2024

A+ A-

O Ministério Público emitiu ontem, quinta-feira, um comunicado na sua página oficial do Facebook a dar conta das buscas não domiciliárias a várias Câmaras Municipais do país com base no Relatório da Inspeção Geral das Finanças, relativo às Transferências de Verbas do Fundo do Turismo.

A Procuradoria-Geral da República esclarece que na sequência do comunicado emitido no dia 13 de maio de 2024, dando continuidade às investigações no âmbito do processo-crime aberto com base no relatório da Inspeção Geral das Finanças, relativo às transferências de verbas do Fundo do Turismo às Câmaras Municipais, o Ministério Público autorizou e presidiu às buscas não domiciliárias, em simultâneo, às Câmaras Municipais de Santa Catarina de Santiago, São Miguel, Santa Cruz e São Lourenço dos Órgãos e a uma empresa em Santa Catarina de Santiago, no dia 26 de junho de 2024.  

Nesse mesmo âmbito, o Ministério Público autorizou às buscas, em simultâneo, nas Câmaras Municipais do Sal e do Paul e a uma empresa em Ribeira Grande de Santo Antão, todos no dia 2 de julho de 2024 e que nessas buscas o Ministério Público foi coadjuvado pela Polícia Nacional e Polícia Judiciária. O comunicado não adianta muito mais e afirma que o processo continua em investigação e permanece em segredo de justiça.

Pode Interessar

Programação

Mais Acedidos

Últimos Vídeos

Últimos Áudios

Videos que pode Interessar