Criminalização do assédio moral e sexual é insuficiente para travar o problema - Helena Ferreira

14 Março de 2024

A+ A-

A criminalização do assédio moral e sexual é insuficiente para travar o problema. A presidente da Associação Cabo-verdiana de Mulheres Juristas (AMJ), Helena Ferreira, defende que se impõe intensificar o debate sobre a temática com o envolvimento da sociedade civil.

Helena Ferreira afasta, para já, qualquer mexida na legislação que deve ser antecedida da realização de um estudo para aprofundar o conhecimento do fenómeno. 

A advogada propõe que, em simultâneo, devem ser montados mecanismos de deteção do assédio.

Helena Ferreira revela que, no próximo dia 26 de março, tem lugar a primeira de uma série de tertúlias trimestrais em que a AMJ projeta os planos seguintes e lança um tema a debate. 

Ouça, em baixo, a reportagem completa com declarações de Helena Ferreira 

Pode Interessar

Videos que pode Interessar