Diretora Nacional da Polícia Judiciária pede demissão do cargo a poucos dias de completar um ano nessa função

23 Novembro de 2023

A+ A-

A Diretora Nacional da Polícia Judiciária pediu demissão do cargo a poucos dias de completar um ano nessa função. Segundo a imprensa online, incompatibilidades com a Ministra da Justiça, Joana Rosa, estarão na base da decisão de Ivanilda Mascarenhas Varela, que, em carta endereçada aos trabalhadores, disse preferir "continuar a ter paz no seu coração e regressar para o lugar onde sempre foi respeitada e tratada com dignidade".

Ou seja, Ivanilda Mascarenhas deverá regressar à Magistratura Judicial. O Diretor Nacional-Adjunto, Heidmilson Frederico , também pediu a sua exoneração afirmando não estarem reunidas as condições objetivas para continuar no cargo, sendo que regressará às funções de Magistrado no Ministério Público. Segundo a imprensa online a Ministra da Justiça, Joana Rosa estaria a interferir em demasia nas atividades da Polícia Judiciária, o que terá provocado o pedido de demissão. Na carta endereçada aos colaboradores da PJ, Ivanilda Mascarenhas deixou a seguinte reflexão : "Feliz o homem que não segue o conselho dos ímpios nem se detém no caminho dos pecadores".

Pode Interessar

Videos que pode Interessar