Equipas nacionais para a elaboração da história da luta de libertação dos PALOP reúnem-se na Praia

28 de novembro de 2022

A+ A-

As equipas nacionais para a elaboração da história da luta de libertação dos PALOP, Países Africanos de Língua Portuguesa, reúnem-se hoje e amanhã na cidade da Praia. Trata-se da segunda reunião metodológica em que têm assento três membros de cada uma das equipas nacionais, a de Cabo Verde coordenada pelo historiador Carlos Carvalho.

Carlos Carvalho assegura que, entre as equipas nacionais, já é um dado adquirido que todas as fontes vão ser consideradas.

O projeto conta com um financiamento inicial de Angola mas todos os países, esclarece, Carlos Carvalho, devem contribuir tanto mais o trabalho que as equipas têm pela frente implica contratações e deslocações.

Outra questão que vai decida hoje é o estabelecimento de um novo prazo, além dos três anos inicialmente estabelecidos, para a conclusão da elaboração da história da luta de libertação.
Um projeto, proposto pelo presidente da Fundação Amílcar Cabral, Comandante Pedro Pires, aprovado na conferência extraordinária dos Chefes de Estado dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa, realizada a 27 de abril do ano passado em vídeo conferencia a partir de Luanda. 

A coordenação geral está a cargo da historiador Rosa Cruz e Silva, ministra da Cultura de Angola entre 2008 e 2016.