“O impacto da implementação futura do estatuto do Profissional da Arte e Cultura será brutal” - Abraão Vicente

03 Abril de 2024

A+ A-

O Governo irá estabelecer um programa de 5 anos com o Atlantic Music Expo (AME) na perspectiva de dar maior garantia ao evento, mas é preciso um maior envolvimento do sector privado no Mercado da Música do Atlântico a partir de Cabo Verde. A posição é do Ministro da Cultura e das Indústrias Criativas, Abraão Vicente, a margem do workshop sobre formalização do sector artístico no AME. 

A propósito do Estatuto do Profissional das Artes e Cultura, o governante reitera a intenção de que o mesmo seja levado ao Parlamento ainda este ano.

O Estatuto do Profissional das Artes e Cultura vem sendo socializado há bastante tempo e já conta com o envolvimento do Ministério das Finanças. Até maio o estatuto estará aprovado no Conselho de Ministros, conforme Abraão Vicente.

O titular da pasta da cultura acredita que o impacto da implementação futura do estatuto do Profissional da Arte e Cultura será “brutal”.

O Atlantic Music Expo chega a sua 10ª edição sem afirmar-se financeiramente. O Ministro da Cultura avança  há  intenção de assinar um programa de 5 anos com o evento.

O Ministério da Cultura e das Finanças e fomento empresarial através dos seus titulares estiveram envolvidos na tarde de hoje no workshop sobre a formalização do sector artístico no Atlantic Music Expo. 

Ouça, em baixo, a reportagem completa com as declarações do ministro Abraão Vicente, com jornalista Miriam Lopes dos Santos

Pode Interessar

Programação

Mais Acedidos

Últimos Vídeos

Últimos Áudios

Videos que pode Interessar