Mãe denuncia a escola EX EBC de Assomada por alegada discriminação do filho de 6 anos

19 Abril de 2024

A+ A-

Uma criança de 6 anos deidade está fora do sistema de ensino, desde o mês de março passado, por causa de desavenças entre a mãe do menino e a Coordenadora da Escola Básica do EX EBC de Assomada.  A denúncia é feita pela mãe da criança, que alega ainda a existência de descriminação por parte da professora dentro da sala de aula, e pede justiça às autoridades competentes.

Coordenadora da escola EX EBC e ICCA em silêncio. Delegação escolar ainda não se pronunciou sobre o caso.

A TCV tentou esclarecimentos junto da gestora da Escola Básica de Assomada - escola também conhecida por EX EBC, mas a mesma, apesar da nossa insistência, recusou prestar esclarecimentos deixando prevalecer a versão mãe e como diz o ditado "quem cala consente".  Por se tratar alegadamente de um caso de violação dos direitos de um menor de apenas 6 anos, a TCV falou, também, com o delegado do ICCA (Instituto Caboverdiano da Criança e do Adolescente) local que preferiu igualmente responder com o silêncio. Até o momento não nos foi possível contactar o delegado do ministério da educação, que poderá esclarecer os meandros deste caso.

Pode Interessar

Programação

Mais Acedidos

Últimos Vídeos

Últimos Áudios

Videos que pode Interessar

Audios que pode Interessar