Níger encerra novamente o espaço aéreo

07 Agosto de 2023

A+ A-

O espaço aéreo do Níger está novamente encerrado, a junta Militar esclarece que a medida se justifica perante a ameaça de intervenção que se torna cada vez mais evidente por parte dos países vizinhos, numa clara referência à CEDEAO.

O comunicado de imprensa emitido ontem à noite especifica que "qualquer tentativa de violação do espaço aéreo" vai ter "uma resposta vigorosa e imediata.
Uma intervenção é, de facto, a derradeira entre as medidas anunciadas pela CEDEAO para forçar a restituição da ordem constitucional e a libertação do Presidente Bazoum.
Os planos da eventual intervenção constam de um documento elaborado, durante três dias, até sexta-feira passada à noite, pelos Chefes de Estado-Maior das Forças Armadas por impulso da Cimeira da CEDEAO de 30 de julho.

Num segundo comunicado lido ontem à noite pela TV pública, a juntar militar dá conta de movimentações em dois países da África Central como preparação da intervenção militar pretendida pelo CEDEAO.

Um dado novo, suspensão da ajuda ao desenvolvimento e apoio orçamental da França a Burkina Faso pelo apoio expresso à junta militar do Níger.
Os projetos franceses de ajuda ao desenvolvimento a favor do Burkina Faso representam 482 milhões de euros.

Pode Interessar

Programação

Mais Acedidos

Últimos Vídeos

Últimos Áudios

Videos que pode Interessar