Núcleo dos Professores de Cabo Verde decide bloquear notas do segundo trimestre

16 Março de 2024

A+ A-

Núcleo dos Professores de Cabo Verde, apoiado pelo SINDPROF, decide bloquear notas deste trimestre até que o Ministério da Educação volte a sentar a mesa de negociação com todos os sindicatos e haja resultados satisfatórios. 

A nova forma de luta do Núcleo dos Professores de Cabo Verde, ou seja, não disponibilizar as notas deste trimestre no sistema do Ministério da Educação, é conforme a porta-voz  Aleida Semedo um grito de alerta para a necessária viragem na situação desastrosa que tem vivido. 

Este Núcleo da classe docente alega que outros sectores tem merecido investimentos enquanto os professores são desgastados e sobrecarregados.

O Sindicato Democrático dos Professores, SINDEPROF, presidido por Lígia Herbert, apoia a decisão dos docentes e continuará a apoiar todas as formas de luta legitimas da classe, conforme a sindicalista.

O Núcleo Nacional de Professores apoiado pelo SINDEPROF promete continuar a luta enquanto os professores estiverem com salários não compatíveis com as suas funções entre outras pendencias.

Ouça, em baixo, a reportagem completa com jornalista Miriam Lopes dos Santos

Pode Interessar

Programação

Mais Acedidos

Últimos Vídeos

Últimos Áudios

Videos que pode Interessar

Audios que pode Interessar