Primeiro-ministro discursou ontem no terceiro fórum de negócios da “Cabo Verde Investimentos”, em Boston

03 Julho de 2024

A+ A-

O primeiro ponto do programa da visita do Primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, aos Estados Unidos da América está cumprido, a abertura, ontem em Boston, do terceiro fórum de negócios da “Cabo Verde Investimentos”.

O Primeiro-Ministro falou para uma plateia privilegiada, integrada por empresários americanos e da diáspora caboverdiana radicada nos Estados Unidos da América (EUA), todos interessados em conhecer melhor a realidade de Cabo Verde, os incentivos que podem contribuir para investirem nas suas áreas de atuação, no presente, bem como novas oportunidades de negócios que possam aparecer.

José Ulisses Correia e Silva começou por demonstrar a resiliência do país que apesar da crise despoletada pela covid-19 e o aumento global da taxa de inflação, viu sua economia a recuperar e a crescer. 

Por causa dos bons resultados, o Primeiro-Ministro piscou o olho aos empresários presentes e apresentou o que Cabo Verde pode oferecer, em termos de vantagens competitivas.

Pelas vantagens apontadas, o Primeiro-Ministro acredita que se se investir em Cabo Verde, o mercado em potencial não se circunscreve ao mercado das ilhas, mas é muito mais, por se tratar de um pequeno país que se posiciona como uma plataforma de exportação de bens e serviços no atlântico médio.

Em relação ao capital o Primeiro-ministro garantiu que o mesmo está disponível em várias partes e que é necessário atrair este capital em boas condições. 

O Primeiro-Ministro quer empresas a se instalarem em Cabo Verde, a produzirem no país, mas com olhos voltados para o mercado externo, oferecendo bens e serviços com valor acrescentado.

Ouça, em baixo, a noticia completa com o jornalista, enviado especial, Anatólio Lima

Pode Interessar

Programação

Mais Acedidos

Últimos Vídeos

Últimos Áudios

Videos que pode Interessar