Professora congela notas de três turmas do 8º ano da Escola Salesiana, por estar sete meses, com salários em atraso

12 Abril de 2024

A+ A-

Uma professora que leciona a disciplina de matemática, congela notas de três turmas do 8º ano da Escola Salesiana, por estar sete meses, com salários em atraso. Na manhã desta sexta-feira, os referidos alunos concentraram-se em frente a Delegação Escolar de São Vicente para manifestar o seu descontentamento.

Pretendiam manifestar em frente à Delegação Escolar de São Vicente, mas sem autorização acabaram por desistir. São três turmas do oitavo ano da Escola Salesiana que não tiveram acesso as notas de matemática, mas a situação nada tem a ver com a reivindicação dos professores por melhores salários. Acontece que uma professora congelou as notas por estar 7 meses com salários em atraso. 

O Delegado do Ministério da Educação, Jorge da Luz, diz que é um processo normal e de conhecimento da escola e da professora e que fica resolvido agora, pelo que estranha a manifestação dos alunos.

Outras situações preocupam a Associação dos Estudantes da Escola Salesiana que pretende convocar uma manifestação para a próxima terça-feira, também em solidariedade para com a luta dos professores. Na manifestação prevista para a próxima terça-feira, A Associação dos Estudantes da Escola Salesiana quer contar com a participação das 5 Escolas Secundárias de São Vicente. 

Pode Interessar

Videos que pode Interessar

Audios que pode Interessar