"Estamos bastante satisfeitos. Vencemos uma equipa semi-profissional" - Artur Estrela, treinador Llana

02 de setembro de 2022

A+ A-

A equipa da Llana da ilha Sal, qualificou para a sua terceira final consecutiva do Campeonato Nacional de Futebol Feminino. Ao vencer nas meias finais a equipa dos Seven Stars, que defendia o título, ganho na última edição em 2019 (a competição esteve 2 anos suspenso devido a pandemia de Covid-19), precisamente em "casa" da Llana, no Estádio Marcelo Leitão, nos Espargos. 

A vitória por 1  a 0 sobre Seven Stars foi o primeiro e único golo marcado, até agora, pela a equipa salense, neste Nacional, empatou a zero nos dois jogos da fase de grupos.

Na reação após o jogo, o treinador da Llana, Artur Estrela, destacou elogiou sua jogadoras pela entrega e o espirito de sacrifício. E o sabor de desforra pela final perdida em 2019 e também pelo fato de "vencer uma equipa semi-profissional". 

A Llana é penta campeão regional do Sal. Conquistou o Nacional em 2018, Estádio Arsênio Ramos (na Boa Vista), ao vencer o CS Mindelense (São Vicente), nas grandes penalidades por 5-4, depois empate a zero golos no tempo regulamentar.    

Com a vitória, ontem, sobre os Seven Stars, a equipa da Llana marca presença pela terceira vez consecutiva na Final do Campeonato Nacional de Futebol, a procura do saldo positivo, já que vem de uma vitória e uma derrota nas finais de 2018 e 2019.

A final está marcada para sábado, 3 de setembro, no Estádio 25 de Julho, na cidade de Pedra Badejo, município de Santa Cruz. Llana irá defrontar a ADEC de Calheta São Miguel, que disputa a sua primeira final de sempre do Nacional Futebol Feminino. Será o segundo jogo destas equipas neste campeonato. Já tinham encontrado na fase de grupos, com empate sem golos.

Artigos Relacionados

Programação

Mais Acedidos

Últimos Vídeos

Últimos Áudios