Serviços públicos do Estado devem ser prestados de forma inteiramente digital em 60% até 2026 - Olavo Correia

10 Março de 2023

A+ A-

Os serviços públicos do Estado devem ser prestados de forma inteiramente digital em 60% até 2026, meta  assumida ontem pelo Vice Primeiro-ministro e Ministro das Finanças, Olavo Correia, aquando da apresentação da proposta de Lei que regula a prestação de serviços com ativos virtuais e constituição de bancos virtuais. 

Olavo Correia realça que as vantagens dos bancos digitais são inúmeras vantagens, a primeira é o aumento da concorrência no sistema financeiro nacional através da expansão da oferta de produtos e serviços devido ao uso de tecnologia mais avançada e especializada.

A proposta de lei está em agenda para aprovação hoje á tarde e é provável que consiga a unanimidade dos votos.
.
 À margem da apreciação do diploma o presidente da UCID, João Santos Luís, chama a atenção para as dificuldades que experimentam alguns pequenos empresários no quadro da implementação da fatura eletrônica. O Vice Primeiro-ministro e ministro das Finanças aceita que uma franja passa por dificuldades. 

Olavo Correia lembra que, além de facilitar a administração tributária, a adesão ao E-Fatura contribui para combater a evasão fiscal.
 

Pode Interessar

Programação

Mais Acedidos

Últimos Vídeos

Últimos Áudios

Videos que pode Interessar