SINDEP denuncia que há cerca de 250 professores com salários de dezembro e janeiro em atraso

05 Fevereiro de 2024

A+ A-

O SINDEP, Sindicato Nacional dos Professores, apresentou esta manhã, em conferência de imprensa, reclamações de professores que dizem estar sem a cobertura da previdência social e denunciou salários em atraso referentes a dezembro e janeiro de cerca de duzentos e cinquenta novos professores. Jorge Cardoso fala em falta de respeito e desconsideração parte do Ministério da Educação.

Pode Interessar

Programação

Mais Acedidos

Últimos Vídeos

Últimos Áudios

Videos que pode Interessar

Audios que pode Interessar